ONLINE ao vivo: O conhecimento dos afetos em Spinoza, início em 10/07/14, às 20h30


A PRIMEIRA AULA É GRATUITA
O link para assistir à primeira aula é www.livestream.com/spinozaonline
Não é necessário ter webcam e microfone. Transmissão a partir das 20h30.

Início: quinta-feira, 10 de Julho de 2014
Duração: 5 aulas, de 10/07 a 07/08
Horário: às quintas-feiras, das 20h30 às 22h15
Valor: R$ 100,00

Quem desejar continuar no curso poderá fazer a inscrição após à primeira aula através do e-mail filosofia@amauriferreira.com 
Pagamento via depósito bancário (os dados bancários serão enviados por e-mail)

* O curso é destinado a interessados em geral e não é necessário ter conhecimento prévio para participar.
* A aulas serão transmitidas ao vivo e os vídeos NÃO estarão disponíveis após às aulas.
* Os alunos receberão por e-mail os áudios das aulas.
* Cada aula é dividida em três partes: na primeira parte, exposição dos conceitos; na segunda parte, perguntas dos alunos através do chat; na terceira parte, exposição dos conceitos.

Segundo o filósofo Benedictus de Spinoza, a mente humana conhece as modificações do seu corpo e experimenta afetos de desejo, alegria e tristeza. Os afetos, enquanto são paixões, são produzidos através dos encontros entre o nosso corpo e os outros corpos da Natureza. A servidão humana é caracterizada por um domínio de afetos-paixões que são nocivos, o que impede a mente de conhecer adequadamente a ordem da Natureza. A liberdade humana é caracterizada pela transmutação dos afetos-paixões em afetos-ações, ou seja, pela efetuação da potência de agir do nosso corpo e da nossa mente.

PROGRAMA

10/07: A origem da mente humana e a sua relação com o corpo. Diferenças entre afecção e afeto, imagem e imaginação, ideia inadequada e ideia adequada, conhecimento imaginário e conhecimento racional.
17/07 e 24/07: A produção dos afetos-paixões: a origem do desejo, da alegria, da tristeza, do amor, do ódio, da inveja, do ciúme, da esperança, do medo, da soberba, da melancolia, entre outros afetos.
31/07: O uso dos afetos-paixões para a produção do conhecimento adequado da Natureza. O conhecimento racional como produtor de afetos-ações de alegria (satisfação consigo mesmo) e de desejo (firmeza e generosidade).
07/08: A força dos afetos-paixões e a servidão humana. Do amor à Natureza relacionado ao conhecimento racional, ao amor à Natureza relacionado ao conhecimento intuitivo. 

Amauri Ferreira é filósofo, escritor e professor. Ministra cursos livres de filosofia e palestras em diversos espaços culturais e instituições de ensino. É autor dos livros "Introdução à Filosofia de Spinoza" (Editora Quebra Nozes) e "Introdução à Filosofia de Nietzsche" (Editora Yellow Cat Books). É também autor dos artigos "Mente, corpo, imaginação e memória em Espinosa", "Culpa, ressentimento e a inversão dos valores em Nietzsche" (ambos publicados pela revista Filosofia, da Editora Escala) e "Corpo e pensamento: a invenção de outro sentido" (publicado pela Revista Reichiana, do Instituto Sedes Sapientiae). Livros e artigos para download, vídeos e áudios estão disponíveis em www.amauriferreira.com. Acompanhe também pelo Facebook e Twitter.

Comentários